Clínica Sporth

Sutura Meniscal

Entre todas as lesões meniscais aproximadamente 10% são suturáveis. O diagnóstico precoce e a intervenção cirúrgica precoce podem alterar estes números. Uma lesão  suturável não tratada pode evoluir para uma outra lesão não suturável. Suturar um menisco irá depender basicamente da capacidade deste menisco cicatrizar ao ser estabilizado com as técnicas cirúrgicas.

sutura menisco

As melhores condições para a sutura do menisco seriam:

1) Localização na zona vermelha do menisco, isto é no terço periférico do menisco onde chega sangue para permitir um processo de cicatrização.

2) Geralmente pacientes abaixo dos 40 anos.

3) Lesões associadas a uma lesão ligamentar como o Ligamento Cruzado Anterior(LCA).

4) Lesões em um único plano e de preferência no sentido das fibras do menisco e verticais.

Inúmeras técnicas de sutura estão disponíveis no mercado. As mais atuais são chamadas de técnicas all inside. A sutura do menisco é realizada por artroscopia e não necessitam de incisões maiores para sua realização. Simplificando a sutura do menisco é o ato de costurar um tecido através de alguns pontos  e nós separados entre si.

Entre os riscos estão a não cicatrização do menisco e consequentemente a necessidade de reabordagem cirúrgica se isto provocar sintomas, em um pequena incidência lesões neurovasulares ou até mesmo artrofibrose do joelho.

Com o objetivo de preservar uma articulação e suas alterações osteodegenerativas futuras, sempre que possível deve-se tentar a sutura do menisco mesmo que o risco seja uma nova reabordagem para sua ressecção.

 

Dr.Daniel Esperante Gomes